Barra horizontal

domingo, 2 de novembro de 2014

Como funciona o Airbnb? É seguro?

Até um tempo atrás, eu mal fazia ideia do que era o Airbnb e, como eu tenho certeza de que para muitas pessoas esse nome também é novo, resolvi escrever sobre ele.


Como funciona o Airbnb - É seguro?


Airbnb é uma sigla que, em inglês, significa "air bed and breakfast" - colchão inflável e café da manhã. Mas hoje em dia, o significado da sigla já se perdeu e tudo o que se fala sobre Airbnb diz respeito ao site, que é um portal on line de aluguel imobiliário temporário. Mas como assim? Bem, se você vai viajar e precisa de um quarto na casa de alguém para dormir, de um apartamento ou de uma casa, você pode encontrar no Airbnb. Da mesma forma, se você tem um cômodo vago na sua casa ou uma casa inteira para alugar temporariamente, você pode colocar à disposição nesse site.

Como começou o Airbnb?

Em 2008, três amigos sem dinheiro para pagar o aluguel decidiram "realugar" espaços dentro do próprio apartamento. Na época em que tiveram a ideia, iria acontecer uma conferência na cidade em que moravam, São Francisco, e eles aproveitaram a superlotação dos hotéis para oferecer estadia para as pessoas. Muito provavelmente, ofereciam um colchão inflável e café da manhã (rs). Dessa forma, nasceu o Airbnb! É claro que eles não pararam por aí; correram atrás de investidores, fizeram com que a ideia inicial se desenvolvesse e, hoje, 6 anos depois, há especulações de que o Airbnb esteja avaliado em 13 bilhões de dólares. Atualmente, segundo o site, o Airbnb está presente em 190 países e mais de 34.000 cidades, somando mais de 800.000 acomodações pelo mundo todo, incluindo castelos, ilhas, iglus e até casas na árvore.

E como funciona o Airbnb?

Aqui vai um pequeno tutorial:

Primeiro você precisa se cadastrar no site (airbnb.com.br). Depois, logo na página inicial do site, você digita a cidade para onde quer ir, escolhe as datas de chegada e partida e o número de hóspedes, como no exemplo abaixo:


Como funciona o Airbnb - É seguro?


A página que aparecerá em seguida é essa:


Como funciona o Airbnb - É seguro?


Nessa página, você precisa escolher o tipo de acomodação (o lugar todo, um quarto inteiro ou um quarto compartilhado) e, se quiser, pode definir a faixa de preço da diária que você está disposto a pagar. Além disso, você pode filtrar a busca pelo tipo do imóvel (casa, apartamento, pousada...), pelo bairro, pelas comodidades que o imóvel oferece (internet, ar condicionado, cozinha...) ou pelo idioma do anfitrião.

Depois disso, é só olhar as opções e clicar para ver mais fotos e mais detalhes do imóvel, tal como as regras, o número de cômodos, eletrodomésticos e eletroeletrônicos que ele possui, etc. Além disso, é importante observar o número de hóspedes que aquele imóvel já recebeu e as avaliações que eles fizeram em relação ao imóvel e ao anfitrião (como na imagem abaixo). Dessa forma, você saberá se as fotos condizem com a realidade, se a localização é boa, se o lugar é limpo, se o anfitrião cumpriu com tudo o que foi combinado, etc. Essa, definitivamente, é a parte mais importante desse processo.


Como funciona o Airbnb - É seguro?


Gostei e agora?

Nessa mesma página onde você encontra os detalhes do imóvel, tem um link para você falar com o anfitrião ou para "pedir para reservar". Se pedir para reservar, você terá que confirmar todos os seus dados e inserir os dados para o pagamento. Isso não significa, no entanto, que sua reserva será efetuada. Isso porque, do mesmo jeito que os hóspedes avaliam o imóvel e o anfitrião depois de sua estadia, os anfitriões também avaliam os hóspedes caso queiram. Então, quando você pede uma reserva, o anfitrião pode ir até o seu perfil, ver quem você é, se você já foi avaliado antes, se você tem um histórico de cancelamentos, etc. Com base nesses dados, ele pode aceitar ou recusar a sua reserva. Por isso, eu sugiro que você fale com o anfitrião antes de pedir uma reserva. Mesmo que você não tenha dúvidas, mande uma mensagem dizendo os dias em que você pretende se hospedar e perguntando se o imóvel ou o quarto estará disponível. Se você estiver alugando um quarto ou um imóvel em outro país e não souber falar o idioma do anfitrião, seja ele qual for, é importante que você se comunique com ele em inglês. Mas, não se apavore, o Google Tradutor está aí para isso (rs).

Assim que você pedir a reserva, receberá um e-mail de confirmação:


Como funciona o Airbnb - É seguro?


Se o anfitrião negar, parta para outra!
Se ele aceitar, você receberá um e-mail com uma mensagem parecida com essa:


Como funciona o Airbnb - É seguro?


Depois disso, todos os contatos serão feitos diretamente com o seu anfitrião. Você irá receber a confirmação por parte dele também, o contrato para assinar, scanear e enviar juntamente com a imagem do seu passaporte e as instruções para o check-in.


Como funciona o Airbnb - É seguro?


Depois disso, é só arrumar a mala e partir! ;-)

Mas, se você ainda está em dúvida e está se perguntando:

"Qual é a vantagem de alugar um quarto ou um lugar inteiro no Airbnb ao invés de ficar num hotel?"

Eu respondo: as vantagens são muitas, mas a maior delas é o preço. Um quarto na casa de alguém pode ser bem mais barato do que um quarto de hotel. Além disso, tem pessoas que acham interessante ficar na casa de alguém e poder conviver mais de perto com culturas diferentes.

Se você for viajar com mais amigos, também pode economizar alugando um apartamento ou uma casa. Com certeza, será mais barato alugar um apartamento ao invés de vários quartos de hotel. Além do preço, se você alugar um apartamento, por exemplo, terá uma sala, uma mesa, uma cozinha... Assim, poderá cozinhar ou fazer suas refeições no apartamento, economizando ainda mais!

É isso! Se precisar de mais alguma informação, é só dizer! ;-)

E para saber como foi me hospedar em um apartamento alugado pelo Airbnb em Paris, clique aqui:

Até mais!

3 comentários:

  1. Só tive acesso a informações para quem quer ser hóspede. Se quiser alugar (como locador) um imóvel, como faço?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberto! Você acessa o site e preenche os campos relativos ao lugar pra onde você quer ir, a data e o número de hóspedes. Em seguida, no canto superior esquerdo, vai ter uma opção "tipo de acomodação"; você clica nesse campo e escolhe "casa inteira". Aí aparecerão apenas os apartamentos ou casas totalmente disponíveis para locação. Espero ter ajudado! Boa viagem! =)

      Excluir
  2. Prezada Érica,
    Infelizmente, a AIRBNB não é tão boa e vantajosa quanto parece. Pode funcionar bem no "primeiro mundo", mas no Brasil, acabo de ter um problema. Reservei um apartamento para passar férias em dezembro, em junho, para garantir bom preço, porém, dois meses depois de confirmado, a "anfitriã" cancelou minha reserva, sem justificativa plausível, e o único apoio da AIRBNB foi dizer que estavam devolvendo o valor integral e indicando outros imóveis. Porém, os lugares que restam agora, estão pelo dobro do preço. A AIRBNB, não quer se responsabilizar e nem pagar a diferença. Ignoram nossos direitos como consumidor, desrespeitando o Código do Consumidor. Para não perder as passagens aéreas, acabei alugando um apartamento em condições inferiores e 70% mais cara. Agora estou ajuizando uma ação de indenização. É importante as pessoas ficarem atentas a esse detalhe!!!
    Pior que corro o risco de acontecer novamente e próximo à viagem! Não estou dormindo de preocupação...

    ResponderExcluir